Capeta
 


Depois de um dia amanhecido com o pé esquerdo
Tropeçando no tapete de corda trançada na porta
Encontro do síndico reclamando da noite passada
Em meio ao som alto do rap da cachorra sardenta

Sem esconder o rabo nas pernas de meus direitos
Mordendo do estatuto firmado sem minha presença
Arbitrando dos deveres impostos faço meu o pleito
Da injustiça sofrida em meio ao absurdo da sentença

Ontem o dia foi de refúgio longe do mundo mundano
Orando pela salvação do mundo e do mico-dourado
Em altar consagrado na mente vazia e cheia de planos
Levitados na essência do ser e estar no eu prometido...

O síndico com cara de incrédulo com seus olhos de ateu
Cismando no direito a ser lembrado da hora do silêncio
Alterado na noite de esbórnia mostrada nos olhos meus
Marcados de cinza no pálido rosto branco sem prelúdio

Sem mostrar do fato argüido em busca do falso justificar
Eu já estava quase mandando o síndico passear na praia
Foi quando a bendita Benedita chegou com o seu gingar
Fazendo os olhos do ateu passearem no rodar de sua saia:

- Bom dia, meu dengo!
- Bom dia Sr. Filisteu!
- Hum! O que houve?
- Ah! Já sei ! Falavam do capeta!
- Eu bem que avisei para não exagerar!
- Mas, não vamos ficar na porta!
- Vamos entrar?
- Isso, assim é melhor!

Eu olhando para o relógio a toda hora pensava em minha hora
De justificar ao chefe da hora perdida e da ressaca já sentida
Na cumplicidade de cair das nuvens olhei de lado e dei o fora
Da cena iniciada e marcada pelo charme da Benedita bendita:

- Pode ir meu dengo!
- Eu posso tudo esclarecer!
- Sr. Filisteu, aceitas uma batitinha?

Enquanto o elevador descia a vontade de rir aumentava o som
Em todo prédio balançando a vontade de deixar de ser careta
Nos braços e nas pernas pecando da cor canela o que é bom
Sentir do calor o corpo ardendo no calor provocado pelo capeta.

 

Ramoore

 


Receita do Capeta


Ingredientes:
- 1 garrafa de vodka
- 1 lata de leite condensado
- guaraná em pó ( conforme a necessidade )
- canela

Modo de preparar:
Misture os três primeiros ingredientes e bata no liquidificador.
Depois sirva salpicando
a canela no copo e no corpo.( lembra o cheiro de pecado )

 

 

Receita do Site de Irene Serra ( Boca Boa )




Voltar