FANTASIAS



Olhando em seus olhos,
sinto seu corpo
em meu olhar,
em seu sorriso de menino
Deixo a mente tecer
o toque esperado,
sem momento marcado
Iludindo da realidade,
caminhos contrários
Procuro no riso do acaso,
o gosto de seus lábios
não provados,
o peso de seu corpo
não sentido,
o cheiro de sua pele
não tocada,
o contato de suas mãos
tão distantes das minhas
Ouvindo sua voz,
sinto seu corpo em meu olhar,
em seu sorriso de menino
Deixo a mente criar o toque esperado,
marcando do tempo
Fazendo a realidade
do caminhar de mãos entrelaçadas
Encontro no acaso do riso,
seus lábios em meus lábios,
seu corpo em meu corpo,
seu prazer em meu prazer,
deixando marcas de amor
Olhando em meus olhos,
sinto meu corpo em seu olhar,
talvez seja um sonho,
acho melhor acordar.
 

Ramoore

 

Voltar

 

Página Principal