MEU MUNDO



Versos de um mundo, que é meu...

Meu mundo foi cheio de alegrias,
Recordações, sonhos e nossos dias
Fantasiados de esperanças e amor
Faziam carinhos e muito calor


Meu mundo, sempre eterna poesia
Cantada, rimada e marcada no riso
Contagiado, satírico à boêmia,
Trazendo gestos, palavras e improviso


Meu mundo, outrora nosso relicário
Fez sempre confiança e a certeza,
Uma vida, duas vidas e o calvário
Sem fim, triste, vazio e sem beleza


Meu mundo tornou-se oco e malfadado
Esqueci tudo, quimeras de um passado,
Sinto o inesperado frio da noite eterna,
Sem você, trôpego em qualquer taberna.


Improvisos da construção de um mundo


Meu mundo, está voltando a sorrir
As flores, abrem-se em meu coração
Vibrando em pétalas de doce ilusão
Volto a viver, como é bom existir


Meu mundo, está qual suave aragem
Pairando em brisa selvagem, amando,
Sonhando com nossos futuros dias,
Dias de êxtase, cheios de melodias


Meu mundo, delirante mundo amante
Traz a paz, a fé, a total e sempre razão
Não sou mais errante, tenho você,
Esqueço tudo não sei dizer não.
 

Ramoore

 

Voltar

 

Página Principal