SEMPRE EM NOSSOS DIAS



Amor, levante-se. Chegou a hora
Um beijo, Outro beijo. . . E a hora
Amor abraça-me. Esqueça a hora
Um beijo, outro beijo. . . E a hora


Amor, sente-se. Benzinho, o jornal!
O café, um sorriso e o jornal
Amor, carinhos lendo jornal
O café, frio. Rasgado o jornal


Amor, até logo. Chegou a hora
Um beijo, outro beijo. . . E a hora
Amor, abraça-me. Esqueça a hora
Um beijo, outro beijo. . . E a hora


Amor, até logo. Benzinho, o portão!
O carro, um sorriso e o portão
Amor, carinhos abrindo portão
O carro, amassado. . . Fechado o portão.


Ramoore

 

Voltar

 

Página Principal