Preferido, ou Preterido!



Do tempo em que sinto tua omissão
Em contratempos de nossos encontros
Não perco tempo de teus desencontros
Sem tempo do tempo nascer compreensão

No pensar de repensar pensamentos
Sigo pensativo mal do desamor
Pensando do que penso ser feito de dor
Sem compensar do amor viver momentos

Inventando fantasias da tua pretensão
Presa de mil afazeres sem prazeres
Esconder da vontade em quereres

Da vida arremedar em falsa ilusão
Do pretendido ser eu escolhido
Como preferido, ou preterido

Fico só e deixo o tempo passar!
 

Ramoore

 

Voltar

 

Página Principal