Rosa


No mistério das cores e segredos
Junto ao jardim procuro ver desígnios
Da cor amarela em degredos
Sinto perda sem perder do fascínio

Procuro da paz na cor branca da luz
Em reverência juro inocência
Jurando da vida no fazer de jus
O caminho na busca da essência

Na cor vermelha feita aos amores
Fico no arco-íris dos amantes
Em emoções e ilusões como penhores

Deixo nascer matizes no coração
Da primavera em ciclos gestantes
A cor rosa da rosa é gratidão!
 

 

 

Ramoore

 

Voltar

 

Página Principal